A criança de 1 ano (Documento da Unicef)



Características

  • Nessa fase, a criança está cheia de energia e entusiasmo. Aprende por meio da exploração do ambiente, curiosidade, imitação e imaginação sem fim.
  • Quanto mais a criança é estimulada a falar, movimentar-se e descobrir, maior será o desenvolvimento do seu cérebro e da coordenação fina dos seus movimentos. Essas realizações ajudam a criança a se comportar com mais competência e confiança.
  • A criança, nessa fase, já pode engatinhar e andar e se desloca pela casa. Abaixa-se, sem cair, para pegar objetos no chão.
  • Começa a identificar as partes do corpo e aprende a falar o nome delas.
  • Ainda se comunica por gestos, abana a cabeça para dizer não, dá adeus, bate palminhas, fala pequenas frases, como “mamá qué bola”, “papá qué água”.
  • A criança acha que é o centro do mundo e tem dificuldade de compartilhar.
  • Chora e faz pirraça quando é contrariada.

Atenção:
  • A criança aprende a falar com as pessoas que falam com ela, repete o que ouve e, por isso, devemos falar corretamente as palavras.
  • A criança já entende o que falam com ela, mas nem sempre obedece. Ela atende quando se interessa por fazer o que foi pedido.


  • O que a criança gosta de fazer?
  • Bater palmas quando está contente.
  • Falar pequenas frases.
  • Dar adeus para as pessoas.
  • Rabiscar e desenhar.
  • Virar as páginas de livros ou revistas sem rasgar.
  • Empilhar e encaixar objetos.


Brincadeiras

Ao brincar, a criança desenvolve a atenção, imitação, memória, movimentação, equilíbrio e imaginação. Também constrói curiosidade, confiança e autoestima. É preciso organizar o ambiente, oferecer revistas ou livros, objetos e brinquedos. Criar situações para a criança olhar, brincar de correr, pular, saltar, empurrar ou puxar objetos.

Do que a criança gosta de brincar?
  • De “esconde-esconde”, cantar, dançar, bater palma, rolar no chão, imitar as pessoas.
  • Com caixas vazias de tamanhos variados, embalagens vazias e limpas, transformadas em brinquedos.
  • Gosta de ouvir várias vezes as mesmas histórias.

Cuidado: Sacos plásticos podem causar sufocamento, por isso, não devem ser dados para a criança brincar.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Dicas, sugestões, perguntas serão bem vindas. Responderei seu recadinho aqui mesmo.
Se desejar uma resposta por E-mail envie o comentário para fliver5@gmail.com
Lembre-se que você é muito especial para Deus.
Beijos