Projeto: A escola e adaptação

                                           I.      Identificação do Projeto


Tema: Escola e Adapatação

Tempo de duração: 3 semanas

Período: Fevereiro

Público Alvo: Alunos da Educação Infantil



                                        II.      Justificativa:

Os primeiros dias na escola geram expectativas, ansiedades, inseguranças, angústias, medos e dúvidas em pais, crianças, professores e funcionários. Considerando esse momento muito importante, é fundamental desenvolver um trabalho que facilite a transição do ambiente familiar ao escolar, pensando e planejando atividades que garantam uma inserção gradativa, envolvendo todos em um ambiente afetivo e acolhedor.



                                     III.      Objetivos Gerais:

·        Proporcionar um ambiente agradável e acolhedor, visando o bem-estar do educando;
·        Desenvolver atividades que permitam que as crianças interajam entre si, e também com os professores e funcionários da escola;
·        Familiarizar a criança ao espaço escolar e sua rotina;
·        Oferecer aos pais sugestões, dicas e idéias que facilitem este momento de separação e conquista;
·        Estabelecer uma comunicação entre pais e membros da escola com a participação da criança;
·        Definir o significado de escola;
·        Citar as diversas funções exercidas no ambiente escolar;
·        Explicar a importância dos regulamentos: horário, uniforme, disciplina.


Objetivos Específicos

·        Criar combinações para o desenvolvimento da rotina;
·        Respeitar regras pré-estabelecidas pelo grupo;
·        Compartilhar materiais de uso comum e pessoal;
·        Estabelecer, progressivamente vínculo afetivo com as pessoas do ambiente escolar;


                                    IV.      Áreas contempladas

Linguagem Oral e Escrita
·        Ampliar o vocabulário através de diferentes gêneros de canções, observando a pronúncia correta das palavras;
·        Identificar pelo nome as pessoas do seu ambiente escolar.
·        Participar de variadas situações de comunicação oral, para interagir e expressar desejos, necessidades e sentimentos por meio da linguagem oral, contando suas vivências;

Matemática

·        Ampliar o campo numérico, utilizando-se da contagem oral e exploração de objetos concretos;
·        Identificar as cores primárias;
·        Manipular e explorar objetos variados para que possam descobrir as características e propriedades principais e suas possibilidades associativas.
  
Artes

·        Explorar as tintas utilizando diversos materiais: carimbos, pincéis, esponjas, rolo e etc...;
·        Realizar colagens com diferentes materiais;
·        Observar o limite disponível para desenvolver as atividades;
·        Explorar jogos e brinquedos estimulando o cuidado com os mesmos;
·        Brincar, imitar, inventar e reproduzir criações musicais, interpretando canções diversas.

Movimento

Explorar diversos materiais objetivando o aprimoramento da coordenação motora ampla;
·        Desenvolver os movimentos amplos: andar, saltar e pular...
·        Aprender a utilizar adequadamente os talheres e copo durante as refeições;
·        Modelar livremente com massinha e argila;
·        Aperfeiçoar gestos relacionados com a preensão, o encaixe, o traçado no desenho, o lançamento, etc..., por meio da exploração e utilização de suas habilidades manuais em diversas situações do cotidiano.
  
Música
·        Participar de situações que integrem músicas, canções e movimentos corporais.


                                      V.      Sugestão de atividades:

·        Colagens;
·        Pinturas;
·        Escutar histórias;
·        Entoar canções;
·        Conversas na roda;
·        Visitar os diferentes espaços da escola (salas, direção, cozinha, pátios...)
·        Conhecer os funcionários;
·        Brincadeiras no pátio;
·        Explorar brinquedos e jogos da sala;
·        Confecção da Camila com meia-calça e jornal;
·        Confeccionar um relatório de visita (Camila vai a casa da(o)..........)
·        Pintar a mochila feita de sucata;
·        Pintar o lencinho da mamãe;
·        Realizar piquenique;
·        Observar os objetos das mochilas;
·        Realizar chamada e contagem (de quem veio e quem faltou);
·        Sondagem das cores através de atividades plásticas e brincadeiras orais e concretas;
·        Modelar livremente;
·        Confecção de um chaveirinho com a foto e nome;
·        Em roda de conversa explorar sobre o conhecimento que as crianças já possuem sobre a sua escola fazendo perguntas e ouvindo os alunos. Perguntar sobre o cotidiano escolar e ouvir os alunos sobre as atividades que realizam na escola. Perguntar se eles conhecem a história da escola em que estudam, seu nome, o de seus diretores, sua localização, quais as turmas que mantêm, os profissionais que trabalham na escola e suas dependências etc.
·        Sentados em uma grande roda a professora questiona os alunos quanto ao nome da escola e o que trazem para escola todos os dias (mochila). Apresentar a história “A Mochila da Camila” de Gládis Maria F. Barcellos da Editora Sulina, utilizando-se de objetos citados na história para a narração da mesma.
·        Passear pela escola com a turma, visitando suas dependências, nomeando-as e explicando que atividades se fazem em cada uma delas. Mostrar e nomear oralmente o mobiliário e os diferentes objetos que existem em cada lugar.
·        Pedir que os alunos registrem, desenhando, pintando ou colando imagens sobre o que cada um mais gosta de fazer na escola.
·        Organizar uma exposição em classe com todos os desenhos, trazendo os títulos escritos em letra bastão: BRINCAR - PINTAR - OUVIR HISTÓRIAS etc.
·        Montar uma exposição e fazer convites às demais turmas para visitação.
·        Incluir jogos, brincadeiras, músicas e portadores de texto nas atividades
·        Entrevistar funcionários,
·        Jornal falado,
·        Utilizar etiquetas e palitos de sorvete para simular placas de sinalização: PÁTIO - SALA DE LEITURA - CANTINA - SECRETARIA - DIRETORIA, etc.
·        Em sala de aula, motivá-los para a atividade que virá. Separar os alunos em grupos de interesse (TURMA DO PÁTIO, TURMA DA CANTINA etc.), nomeando-os com um crachá.  Entregar a cada turma a metade de uma cartolina, canetas coloridas ou lápis cera e pedir que façam um desenho coletivo das atividades realizadas na dependência escolhida e de seu mobiliário (por exemplo: se o grupo escolheu biblioteca, provavelmente representará algumas crianças lendo livros, fazendo teatrinho, e o ambiente terá estantes, almofadas, livros, etc). O professor poderá registrar no quadro as atividades e o mobiliário citado pelos alunos, por exemplo: TURMA DA CANTINA: CANTAR, ORGANIZAR A MESINHA, LANCHAR, 
      TURMA DA BIBLIOTECA: LER LIVROS E REVISTAS, ESTUDAR, ESTANTES, CADEIRAS,
Informar às turmas que, com o auxílio do professor, irão montar uma maquete que reproduza, ainda que precariamente, a dependência da escola escolhida. Sugerir que usem o desenho coletivo como fonte de idéias. Oferecer materiais como sucatas variadas, cartolinas, cola, caixas de fósforos vazias, tesoura, revistas e folhas de papel colorido e com diferentes texturas. Auxiliar os alunos a reproduzir o mobiliário, decorar os locais e a registrar seus nomes no trabalho.


                                    VI.      Culminância:


·        Dramatização de um fato ocorrido na escola, homenagem aos funcionários da escola, exposição dos trabalhos realizados sobre a escola

5 comentários:

Postar um comentário

Obrigada por comentar! Dicas, sugestões, perguntas serão bem vindas. Responderei seu recadinho aqui mesmo.
Se desejar uma resposta por E-mail envie o comentário para fliver5@gmail.com
Lembre-se que você é muito especial para Deus.
Beijos